Em busca de praticidade, organização e durabilidade dos alimentos, as embalagens a vácuo estão cada dia mais presentes nos setores alimentícios e no cotidiano do consumidor final.

A praticidade na hora de comer vem conquistando cada vez mais adeptos nos dias de hoje. Com rotinas corridas e pouco tempo disponível na preparação de alimentos, investir em embalagens a vácuo vem sendo uma ótima opção para muitas pessoas.

O alimento embalado a vácuo pode ter sua vida útil estendida em um tempo de 3 a 5 vezes superior ao esperado, desde que seja mantido refrigerado. Alguns alimentos podem durar, com qualidade, por até seis meses embalados desta maneira.

O armazenamento comum, em potes, por exemplo, deixa os alimentos em contato com o ar, o que faz com que sua aparência, textura e sabor sejam alterados. Durante o processo da embalagem a vácuo o alimento é selado, totalmente isolado do ambiente, e, portanto, não entra em contato com qualquer tipo de matéria, nem mesmo gases. Desta maneira, a proliferação de micro-organismos é retardada e os nutrientes permanecem inalterados até que o lacre criado seja rompido.

Diversos alimentos podem ser acondicionados em embalagens a vácuo. São eles: verduras, legumes, raízes, tubérculos, frutas, carnes, queijos, embutidos, salgados, massas e até mesmo grãos, castanhas, sementes e cereais, que dificilmente conseguimos manter crocantes e frescos. Encontramos também, facilmente, arroz, frango desfiado, feijoada, carne seca e diversos outros alimentos cozidos acondicionados assim.

Muitas empresas do ramo alimentício têm adotado o vácuo para seus produtos, principalmente para as carnes e os frios em geral. Como são alimentos extremamente perecíveis, a maneira com que são acondicionados é de suma importância.

Companhias que vendem refeições já cozidas também têm ganhado muito espaço no mercado, pois as embalagens, depois de congeladas, podem ser diretamente aquecidas, gerando uma praticidade ainda maior e mantendo o frescor e o sabor do alimento. A transparência da embalagem também facilita a escolha da mercadoria durante a compra, pois tem-se uma visão geral da qualidade do mesmo.

Além disso, as embalagens a vácuo têm sido cada vez mais usada em residências por pessoas que preparam suas refeições semanais ou até mensais de uma só vez. Existem diversas técnicas para realizar a técnica, como mergulhar o produto em água quente, ou até mesmo seladoras pequenas e de fácil manuseio.

Outra maneira de se utilizar o vácuo, mais comum entre grandes chefs de cozinha, é a técnica conhecida como sous-vide, proveniente da França. Os alimentos já temperados são selados e depois cozidos em temperaturas controladas, muitas vezes por horas, o que faz com que o sabor seja mais marcante ao final do preparo.

Há várias indicações de profissionais da área de nutrição sobre como condicionar cada tipo de alimento, o que é fundamental tanto para grandes empresas quanto para pequenos consumidores, pois a realização do processo da maneira correta mantém o alimento intacto, reduzindo quaisquer riscos e, para empresas, a perda de confiança por parte dos clientes.

Outra vantagem da embalagem a vácuo é a rentabilidade do alimento. Quanto mais eficiente for a conservação, maior será a qualidade do produto. Ademais, quaisquer quantidades de comida podem ser armazenadas, o que fará com que o desperdício seja o menor possível.

Esta embalagem inovadora, que se baseia no isolamento do alimento do ambiente e garante conservação prolongada e de qualidade, é, por todos os motivos supracitados, uma excelente opção não só para pequenos, médios e grandes negócios, mas também para consumidores finais.

FONTES:
BLOG DA SEGURANÇA ALIMENTAR. Conheça os benefícios da embalagem à vácuo para alimentos! Disponível em: <https://blogdasegurancaalimentar.volkdobrasil.com.br/beneficios-da-embalagem-a-vacuo/>.
GRIA PROFISSIONAL DE HOTELARIA E RESTAURANTES. Os Benefícios dos alimentos embalados a vácuo. Disponível em: <https://www.guiagphr.com.br/noticias/os-beneficios-dos-alimentos-embalados-a-vacuo/>.

Escreva um comentário